Ads


Ceará é pioneiro no Nordeste na criação de ecossistema de negócios empresariais

Enquanto a economia do País mostra sinais de fraca recuperação (e incertezas para 2020), um grupo de 20 cearenses – empresas, entidades de classe e governos – resolveu fazer diferente. Em vez de aguardar a melhora no ambiente macroeconômico, os empresários locais se anteciparam e criaram um ecossistema de negócios.
“A partir do momento que criamos essa célula de 20 empresas, a tendência é se expandir. Ela contém empresas do segmento de agricultura, serviços, tecnologia, entre outras. As companhias se ajudam em duas vias: seja na troca de experiência ou na troca de ativos”, declarou o diretor executivo da IXL Center e cofundador da Boston Innovation Gateway, Manuel Mendes.
“A ideia é diminuir e baratear custos? Não. O foco do ecossistema é o crescimento das empresas por meio da inovação, criar novos produtos, novos serviços e um novo segmento de clientes”, pontuou o executivo.
O Ceará é primeiro a adotar a iniciativa no Nordeste. “O primeiro no País foi Santa Catarina. O Ceará é o pioneiro no Nordeste. Sendo assim, buscamos junto ao Banco do Nordeste uma linha de crédito para as empresas”, ressaltou. Os ecossistemas empresariais também estão espalhados pelos Estados Unidos, Canadá, China, Colômbia, Emirados Árabes, Itália e Espanha.
Das empresas que compõem o grupo: Olé Casas, Corpvs Segurança, Farmácias Santa Branca, Usibras, Control Engenharia, Dicoco Agroindustrial Ltda, Granjas São José, G4Flex Business & Services, Alldesk, Vsm Comunicação, Lux Teams e Trainer DG.
Instituições e governos: Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH), Governo Do Estado do Ceará, Prefeitura de Horizonte, Banco Do Nordeste, Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Ceará (Fecomércio), Serviço Social do Comércio (Sesc), Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e Instituto Federal do Ceará (IFCE).
Focus.br

Nenhum comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.