Ads


Sobral passa a realizar o licenciamento ambiental de empreendimentos de impacto regional

Na manhã desta terça-feira (09/04), o prefeito Ivo Gomes e o dirigente da Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), Carlos Alberto Mendes Júnior, assinaram, em Fortaleza, um termo de cooperação técnica onde a Semace autoriza Sobral a realizar, pelo período de quatro anos, o licenciamento ambiental de empreendimentos de impacto regional. O processo será realizado por meio da Agência Municipal do Meio Ambiente (AMA).
A concessão é restrita à emissão de licenças para as obras do sistema de esgotamento sanitário dos bairros Domingos Olímpio, Padre Ibiapina, Cohab III e do distrito de Taperuaba. As obras de drenagem na sede no município também serão beneficiadas. O município já realiza o licenciamento e a fiscalização de empreendimentos públicos e privados locais, desde janeiro de 2018.
”Sobral é honrada com essa confiança que a Semace concedeu para a gente”, afirmou o prefeito Ivo Gomes. “Estou muito animado, porque esse regime de colaboração vai fazer com que a gente possa dar um pouco mais de agilidade a obras importantíssimas de saneamento, na rede coletora e de destinação de esgotos, e de tratamento da água potável”, completou.
"A AMA aproveitou a assinatura desse termo e já protocolou a solicitação de mais de 14 obras de impacto regional, todas na área de saneamento ambiental. Com isso, esperamos maior celeridade na análise dos processos e emissão das licenças. Isso não quer dizer que as análises serão mais simplificadas, pelo contrário, teremos o mesmo critério, mas com o diferencial de que conhecemos bem a região", informou Tiago Bezerra, diretor de Licenciamento e Fiscalização Ambiental da AMA.
Jornalista, Morgana Medeiros

Nenhum comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.