Ads


Prefeitura de Sobral iniciará campanha de combate aos mototaxistas piratas

Durante reunião com o chefe do gabinete do prefeito, David Duarte, na quinta-feira, o Sindicato dos Mototaxistas e Prefeitura de Sobral decidiram que a Secretaria de Obras, Mobilidade e Serviços Públicos iniciará, no mês de fevereiro, uma campanha de combate à circulação de mototaxistas piratas. A intenção é coibir, com mecanismos mais inteligentes de fiscalização, a atuação de mototaxis irregulares na cidade.
O foco principal é conscientizar a população sobre os riscos dos mototaxistas piratas, que apresentam maior perigo na condução de passageiros e também pelo fato de ser mais difícil a sua identificação. Outra ação da campanha será a divulgação dos valores da tabela de mototáxi, para evitar que os passageiros sejam lesados.
Durante reunião com o Sindicato, foi proposta a criação de um grupo de trabalho, composto pelo Sindicato dos Mototaxistas, Secretaria de Obras, Secretaria da Segurança e Cidadania e Polícias Civil e Militar. O objetivo desse grupo é traçar estratégias inteligentes para resolver o problema. A Prefeitura também montou uma estratégia para ocupar os pontos onde há maior presença dos clandestinos. Também está organizando os pontos de mototaxistas.
A Prefeitura de Sobral informa que os mototaxistas piratas que forem flagrados, terão que pagar multa no valor de 1.993,00 (500 Ufirs). Em caso de reincidência, além da multa terá a moto apreendida. No ano passado, 147 clandestinos foram autuados em blitz no município. Outros 43 tiveram suas motos apreendidas.

Nenhum comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.