Ads


Polícia Federal encontra superfaturamento em contratos de informática do STJ

Uma perícia da Polícia Federal encomendada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) apurou o superfaturamento de pelo menos R$ 8 milhões em contratos de R$ 30 milhões na área de informática da Corte. A informação foi divulgada na Época.

A PF comparou os valores usados nos contratos do STF com os de mercado, indicando o rombo de R$ 8 milhões e que havia acerto prévio entre as empresas concorrentes. À época da assinatura dos contratos, o minsitro João Noronha estava à frente da área de informática.

Sabotagem
Integrantes da comissão interna escalados para apurar as irregularidades reclamaram que estavam sendo sabotados na investigação, por isso a PF foi acionada. A Procuradoria-Geral da República também investiga o caso.

Nenhum comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.