Ads


Julgamento dos dirigentes do Guarany de Sobral é adiado pelo TJDF-CE

O caso da certidão negativa da Receita Federal, que quase causou o rebaixamento do Guarany de Sobral, ainda vai render alguns capítulos. O julgamento que envolvia dirigentes e funcionários supostamente envolvidos foi adiado para o dia 29 de fevereiro. O TJDF-CE – Tribunal de Justiça Desportiva de Futebol do Ceará – entendeu ser necessária a presença do contador Jayde Coelho.

Dessa forma, a nova data permite tempo suficiente para que o contador, responsável pela emissão da certidão, seja intimado a prestar esclarecimentos na sede do tribunal, em Fortaleza.

SUSPENSÃO – O presidente do Guarany de Sobral, Veras Sousa, havia sido suspenso preventivamente pelo TJDF-CE durante 30 dias, por conta da sessão marcada para esta segunda-feira. O prazo, no entanto, se encerra no próximo dia 20 e o dirigente deve reassumir suas funções no clube até o novo julgamento.

Nenhum comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.