Ads


Juiz de Direito Alisson Simeão participará do Rally Cerapió pilotando uma mountain bike

O juiz de Direito da Comarca de Tianguá (CE), Alisson Simeão, filiado à Associação Cearense de Magistrados (ACM), guiará um bicicleta no 29º Rally Cerapió, enfrentando estradas de terra, areia fofa e cascalho. O evento será realizado de 27 a 30 de janeiro, cruzando o sertão nordestino, do Ceará ao Piauí.

O magistrado disputará na modalidade bike, na categoria master A2 (35 a 39 anos), uma das mais competitivas do ciclismo, com mais de 30 atletas dos cerca de 200 atletas inscritos. Provavelmente, é o único juiz a disputar o campeonato, comenta. Contatada, a organização do rally afirmou não ter como confirmar a informação.

O ciclismo terá quatro etapas de 70km de percurso, sendo uma por dia. A largada é no Ceará, com a primeira etapa de Maranguape a Pacoti; a segunda, de Iguatu a Orós; a terceira ocorre no Piauí, de Picos a Ipiranga; e, por fim, haverá um circuito fechado na capital piauiense, Teresina.

Alisson Simeão planeja uma evolução crescente no Cerapió. “A expectativa para esse ano é completar as etapas nos tempos estabelecidos. Já para o ano que vem vou buscar uma premiação”, destacou o juiz.

Treinamento pesado
Pedalando na mountain bike há um ano e meio, o juiz comenta que obtém um preparo mais caprichado por treinar subindo e descendo a serra da Ibiapaba, onde se localiza Tianguá, cuja altitude é 775 metros. O magistrado conta que, nos últimos três meses, tem pedalado três vezes por semana, perfazendo 200 km/semana. E pretende intensificar o treinamento com a finalidade de pedalar 500 km em duas semanas.

Essa será a primeira participação de Alisson no Cerapió, mas a segunda em competição de ciclismo. A primeira foi no Campeonato Norte Cearense de Montain Bike.

Além das bikes, o Rally Cerapió tem outras modalidades: motos, carros 4×4, quadriciclos, UTV’s.
(Associação Cearense de Magistrados)

Nenhum comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.