Ads


Diante de estádio lotado no Pici, Fortaleza vence Maranguape em amistoso

Com casa lotada pelo torcedor tricolor no Estádio Alcides Santos, o Fortaleza venceu o Maranguape por 3 a 0 no amistoso deste domingo, 3. A equipe tricolor comandada pelo técnico Flávio Araújo mostrou pleno domínio das ações do jogo durante os 90 minutos, apesar da ainda notória falta de entrosamento neste início de temporada. Os gols da partida foram do meia Elias (2) e do volante Dudu Cearense, todos no segundo tempo.

Realizado exatamente com o objetivo de dar mais experiência de jogo para a reformulada equipe leonina, o amistoso serviu para a torcida ver de perto as potencialidades e carências do elenco que está sendo formatado para as disputas deste ano. 

O Maranguape não levou incômodo ao Tricolor ao longo da atividade extra-oficial. Com a maior posse de bola, o Fortaleza desenvolveu no primeiro tempo um crescente amadurecimento na troca de passes. Éverton se destacou por lances mais elásticos, dribles e chutes ao gol, levantando a geral presente no Pici.

Contudo, ao passar dos minutos, os tricolores nas arquibancadas ficaram impacientes com a falta de gols. Ainda sem o tom certo para o último passe, o Fortaleza arriscava cruzamentos para o centroavante Hudson e dependia da qualidade de Daniel Sobralense e Éverton para surpreender fora da área. Quando eles levaram perigo com finalizações certas, o goleiro do Gavião da Serra, Théo, foi muito bem para salvar. 

Na etapa final, algumas substituições. Duas precisas: o volante Dudu Cearense no lugar de Corrêa e Elias na vaga deixada por Daniel Sobralense. Logo aos dois minutos do segundo tempo, o último abriu o placar, em bela cobrança de falta. O camisa 16 ampliou aos 15 minutos, em chute colocado após cobrança de escanteio ensaiada com Felipe. Aos 24, foi a vez do Dudu consolidar a vitória: cabeceou forte para as redes e correu para o abraço dos companheiros no meio de campo. 

Antes mesmo da partida terminar, parte dos torcedores presentes já deixavam a praça esportiva no Pici. Contudo, a bateria soou até o fim. Reflexo da confiança e do apoio dos tricolores diante do time que enfrentará mais desafios em 2016.

Presença do torcedor
Cerca de 7 mil torcedores acompanharam o amistoso
Com divulgação feita pelo clube ao longo da semana de virada do ano, o Fortaleza conseguiu convocar bem o torcedor para a partida deste domingo. Foi cobrado na entrada 1 kg de alimento não perecível. Antes mesmo de rolar a bola, todos os cantos do Alcides Santos se mostraram lotados, ocupando quase todos os 7.500 lugares disponíveis no estádio. 

O fato exigiu que os portões fossem fechados, com muitos torcedores ainda do lado de fora. Alguns dos tricolores que não conseguiram entrar tentaram forçar os portões para invadir a sede do clube e acompanhar a atividade, exigindo ação da segurança. No intervalo, bombas de gás foram soltas no lado de fora do estádio. 

Os times

Fortaleza: Ricardo Berna (Erivelton); Felipe, Max Oliveira, Bruno, Jean, Mota; Guto, Corrêa (Dudu Cearense), Eduardo (Ernando), Daniel Sobralense (Elias) e Éverton (Júnior); Hudson (Núbio Flávio). Técnico: Flávio Araújo.

Estiveram entre os reservas do Tricolor do Pici: Erivelton, Ernando, Júnior, Dudu Cearense, Elias e Núbio Flávio. 

Maranguape entrou em campo com: Théo (Mailson); Emerson, Júnior Alves (Artur Uchôa), Jhony, Janeilton (Wescley); Anderson Paân (Albano), Peter (Guilherme), Gaúcho (Josias), Ronaldinho (Leandro); Jessuí (Bruno) e Nilsinho (Adilson). Técnico: Reginaldo França.
(O Povo)

Nenhum comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.