Ads


Coelce registra mais de seis mil raios no Ceará em 2016

O Sistema de Monitoramento de Descargas Atmosféricas da Coelce registrou, nos primeiros 19 dias do ano, 6.202 raios em todo o Estado do Ceará, um aumento de cerca de 60% em relação ao mesmo período de 2015, quando ocorreram 3906 descargas elétricas. Santa Quitéria foi o município com maior incidência de raios (421); seguido de Tabuleiro do Norte, com 279; e Independência, com 266 raios. Em 2015, foram registradas 141.316 descargas atmosféricas em todo o Estado, a maioria delas (9.545) no município de Granja.
A Coelce monitora constantemente as descargas atmosféricas no Ceará em seu Centro de Controle do Sistema (CCS). A atividade tem o objetivo de orientar as equipes de manutenção do Estado sobre ocorrências na rede elétrica provocadas por descargas atmosféricas. O sistema identifica o local da queda do raio na rede elétrica e também prevê tempestades, minimizando, consequentemente, o tempo de atendimento das equipes. Além disso, o monitoramento permite identificar as áreas de maior incidência de raios, otimizando a instalação de equipamentos de proteção da rede elétrica contra descargas.
O Sistema de Monitoramento de Raios da Coelce tem acesso gratuito e ilimitado pela internet (www.zeus.iag.usp.br), oferece informações sobre o número de descargas atmosféricas e a situação do tempo em todo o Brasil.
Cuidados dentro de casa durante tempestade:
-Evitar o uso do celular, secador de cabelo e ferro elétrico conectados à tomada;
-Evitar uso de chuveiro ou torneira elétrica;
-Evitar consertos de instalações elétricas;
-Se possível, permanecer dentro de casa enquanto a tempestade durar.
Cuidados fora de casa durante tempestade:
-Evitar contato com objetos metálicos, como cercas de arame, tubos metálicos e principalmente linhas telefônicas ou elétricas;
-Evitar estar em locais como campos abertos, piscinas, lagos, praias, árvores isoladas, postes e locais elevados.

Nenhum comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.