Ads


175 casos confirmados de AIDS afetam sobralenses

Do ano de 2010 ao dia 5 deste mês, Sobral tem registrados 175 casos confirmados de Aids. Os dados são do Sistema de Informações e Notificação de Agravos (Sinan-NET), consolidados pela Vigilância Epidemiológica do Município, que traz ainda em seu demonstrativo, o ranking dos chamados distritos sanitários, aqueles que contam com Unidades de Saúde, onde são feitos exames.

Os diagnósticos das 24 Unidades Básicas de Saúde (UBS) de onde foram recolhidos os
dados, nos últimos cinco anos, mostram o bairro Sinhá Sabóia, com 31 casos confirmados; Centro (24); Junco (18); Expectativa (13); Terrenos Novos (12); Padre Palhano e Pedrinhas (9); Sumaré e Alto da Brasília (8); Vila União (6); Jaibaras (5); Aprazível, Alto Novo, Coelce, e Bairro Alto do Cristo, com 4 casos; além dos Bairros Tamarindo, Santa Casa e Dom Expedito, que registraram 3; o distrito de Rafael Arruda (2); o Bairro Campo dos Velhos e os distritos de Jordão, Baracho, Caioca e Caracará apresentaram um caso cada.

O relatório também mostra que os homens heterossexuais lideram a lista de vítimas da doença, com 123 casos. Destes, 59 estão na faixa de 20 a 34 anos de idade, a maior entre os casos, de acordo com a Vigilância Epidemiológica, que contabiliza, ainda, 53 casos da doença entre mulheres, registrados nos últimos cinco anos. A investigação aponta que, desse total de 176 pessoas convivendo com Aids no Município de Sobral, registradas a partir do ano de 2010, os números mais expressivos são de 99 heterossexuais, 47 homossexuais, 17 bissexuais.
Fonte: Diário do Nordeste

Nenhum comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.